As duas coisas são ruins, em seus extremos! O melhor é simplificar e ir direto ao ponto, mas de forma clara e organizada. Exclua todas as frases de efeitos da sua divulgação, todas as palavras técnicas e foque em um produto principal, algo que você pode entregar para o seu cliente agora, algo popular e em alta demanda. Seja um produto físico ou um info produto digital, não importa.

Falar demais – Nos dias de hoje, com a atenção do usuário variando entre 5 a 8 segundos (e muitas vezes pode durar somente 3!), provavelmente você está pecando pelo excesso. 

Não falar o suficiente 

Na maioria das vezes, isso acontece quando você acredita que o seu produto ou serviço é simples e fácil de entender. Isso pode até ser verdade, mas sem conteúdo específico, direto, o seu cliente pode tirar a conclusão que ele quiser sobre como o seu produto funciona e como e onde comprá-lo. Uma boa informação vende mais do que bom produto. 

Não ter uma estratégia  

Você pode estar pensando: “mas eu tenho mais de um produto” ou “eu presto mais de um serviço”… Tudo bem, você não precisa esconder isso, mas sim, apresentar uma forma simples, fácil e direta do cliente passar a conhecer você, e isso acontece quando você oferece um bocado de cada vez.

Após conquistar a atenção do cliente

Converter uma venda e realizar a entrega com sucesso – daí sim você estará seguro e poderá oferecer mais produtos do seu portfólio ao cliente que já conquistou. Um cliente feliz e satisfeito é um cliente que retorna. Mais que isso, esse cliente irá retornar com um depoimento e um sorriso nos lábios!

Entre em contato e solicite um PLANO DE AÇÃO GRATUITO para a sua empresa.